A bruxa anda solta nas novelas

halloweenthbE já que é Halloween, mesmo que o costumo seja próprio dos americanos lá de cima, o Tele Dossiê aproveita pra relembrar alguns personagens e histórias sobrenaturais que marcaram algumas de nossas novelas. Prepare seus apetrechos e patuás porque a viagem é sinistra. Leia mais

Pegou pesado e seu deu mal!

thumbtorreAlguns autores tentam ousar um pouco mais nos temas de suas histórias, mas às vezes pesam tanto a mão que o público rejeita. “Torre de Babel” (Sílvio de Abreu, TV Globo – 1998) foi um dessas novelas que precisou ser ajustada a toque de caixa para não explodir junto com o shopping, Mas não foi a única. Leia mais

O dom de escrever de Ivani Ribeiro

thumbivaniA partir de hoje, um grande sucesso volta a ser exibido na TV, no Canal Viva, “A Gata Comeu” (Ivani Ribeiro, 1985). A novela substitui outro grande sucesso de Ivani Ribeiro, “Mulheres de Areia” e coincide com a comemoração dos 100 anos da autora.   Leia mais

MEMÓRIA: A aprendiz repete o sucesso do mestre

thumbmariaadelaideO último capítulo de “Anjo Mau” em 1998 guardava um grande mistério: Nice morre ou não? Muitos telespectadores desligaram a TV no final do primeiro bloco quando todos acreditaram que era o fim para a babá Nice (Glória Pires). Após o final, quando todos já sabiam que o final tinha sido feliz, o jornal O Globo publicou uma carta aberta de Maria Adelaide Amaral fazendo um balanço sobre a primeira novela solo que escrevia. O Tele Dossiê resgatou esta carta e compartilha com seus leitores. Leia mais

Pixels de felicidade respingados na telinha

Para uns, é uma gota de orvalho numa pétala de flor. Para outros, uma casinha, uma colina. Alguns reclamam que ela foi embora (mas a saudade no peito ainda mora). Há ainda quem diga que, para que ela aconteça, basta andar tranquilamente na favela onde nasceu. E tem mesmo os que afirmam que ela brilha no ar como uma estrela que não está lá. Leia mais

Brincando de “gato e rato” no horário das seis: o estilo de Duca Rachid e Thelma Guedes

Sendo uma das duplas de autores mais afinadas da nossa teledramaturgia atual, Duca Rachid e Thelma Guedes emplacam hoje a trama das seis “Joia Rara”, imbuída em universo místico, repleto de personagens marcantes, com uma direção de arte digna de aplausos e, como não poderia deixar de ser, tem a marca das autoras: o incessante jogo de gato e rato que ambas utilizam desde sua primeira novelas juntas de fato, “O Profeta” em 2006. Ruim ou boa, a fórmula deu certo até certo ponto, mas que já demonstra sinal de cansaço na novela das seis, principalmente para quem já vinha admirando as obras das autoras desde sua estreia. Leia mais

Como “Avenida Brasil” bagunçou a estrutura da televisão argentina

“Avenida Brasil” (João Emanuel Carneiro, 2012) continua dando o que falar. Em sua carreira internacional, a novela tem provocado grandes discussões. Nosso colunista Germán Caballero, nosso correspondente da Argentina, fala nesta coluna como a novela tem mexido com a estrutura da produção televisiva argentina e levantado a questão: “Afinal o que ela tem que nós não temos?”

Leer este artículo en español

Leia mais