Quem é quem em “Sangue Bom”

É na selva paulistana da moda, das tendências, das capas de revistas que começa a história de Sangue Bom, novela de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, com direção de núcleo de Dennis Carvalho.

Giane (Isabelle Drummond) ama Bento (Marco Pigossi), que ama Amora (Sophie Charlotte), que gosta de Maurício (Jayme Matarazzo), que é o grande amor de Malu (Fernanda Vasconcelos). Fabinho (Humberto Carrão) não ama ninguém, a não ser ele mesmo, e faz de tudo para conquistar fama e poder. É em torno deles que a trama principal de Sangue Bom se desenrola. Entre muitos encontros e desencontros, a vida desses seis jovens vai se cruzar. O mundo dá voltas e tudo pode mudar.

O destino uniu Amora, Fabinho e Bento  no lar de adoção de Gilson (Daniel Dantas) e Salma (Louise Cardoso). A partir daí, cada um deles foi responsável pela sua própria história. Amora foi adotada pela atriz Bárbara Ellen (Giulia Gam) e se tornou quase “sua imagem e semelhança”.

Bárbara, uma atriz canastrona e encrenqueira mas com tremendo senso midiático, sempre quis ser famosa, e tudo o que fez foi com este objetivo – começando por mudar o nome de Conceição por outro mais glamoroso. Ela teve uma filha biológica, Malu, mas descobriu na adoção de crianças carentes uma excelente forma de autopromoção. Foi assim que adotou Amora. Antagonista natural da irmã de criação, Malu é formada em pedagogia e faz pós-graduação em assistência social. Íntegra e assertiva, não tem nada a ver com aquele mundo de fama e excessos, no qual vivem Amora e Bárbara.

Bento cresceu nas redondezas da Casa Verde e fundou uma cooperativa de flores, onde trabalha com Giane. E Fabinho foi adotado por uma família falida do interior do estado. Mas ele volta para São Paulo disposto a encontrar os pais biológicos e reencontrará Bento, e principalmente Amora, a quem tentará conquistar a qualquer preço.

Quando a história começa, Amora é noiva de Maurício e nem imagina que sua irmã de criação, Malu, nutre por ele uma paixão platônica. Giane também tem um amor não revelado, mas sua personalidade é completamente diferente.

Escrita por Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, ‘Sangue Bom’, próxima novela das sete que estreia dia 29 de abril, é uma comédia romântica urbana e contemporânea, ambientada em São Paulo, com direção de núcleo de Dennis Carvalho e direção geral de Carlos Araújo.

Hoje, o Tele Dossiê começa a apresentar os personagens que vão habitar essa São Paulo colorida e cosmopolita, divertindo e emocionando o público que promete ficar coladinho na televisão todas as noites.

Bento (Marco Pigossi) - Bonito, trabalhador, simples, cativante, prestativo e bem-humorado. Seu traço dominante é a absoluta vocação para a felicidade. Sua pequena empresa de paisagismo, a Acácia Amarela, simboliza o dom abençoado de Bento: tudo o que ele toca floresce e se multiplica. Sua meta é ter uma vida digna e ser feliz sem perder de vista a felicidade alheia. Em sua movimentada trajetória, ele jamais abre mão da sua essência, que é a mesma que o fará adotar atitudes firmes em relação aos amores, amizades e ao seu trabalho.

Amora (Sophie Charlotte) - Linda, sexy, sabe usar seus atributos com muita classe. Dengosa e feminina, é um sucesso total entre os homens e fonte de inspiração e imitação para numerosas garotas brasileiras. Seu traço dominante é a necessidade de segurança e abundância material. Desde muito jovem aprendeu a usar sua fragilidade, que desperta nos homens um impulso irresistível de protegê-la e mimá-la. Além de outros impulsos impublicáveis. A ambigüidade de Amora, sua futilidade e egoísmo irão despertar fortes reações no público. Ela irá se redimir, é claro, mas, como não é de ferro, continuará mantendo certa dose de narcisismo e futilidade pois afinal essa é a sua natureza e a sua graça.

Malu (Fernanda Vasconcellos) - Filha legítima de Bárbara (Giulia Gam) e Plínio (Herson Capri), é a heroína jovem. Bonita e vital, sua linha é mais básica e despojada. Amável, íntegra, carinhosa, mas também assertiva, Malu não tem nada a ver com aquele mundo de fama e excessos no qual vivem Bárbara e Amora (Sophie Charlotte), sua antagonista natural. Corajosa e direta, é capaz de defender seus princípios com grande valentia e convicção. Mas quando o assunto é amor, Malu fica totalmente insegura. Quando a novela começa, é apaixonada por Maurício (Jayme Matarazzo) e no curso da ajuda que ela resolve dar a Bento (Marco Pigossi), que tinha por único objetivo tirar Amora do caminho, acaba despertando nela uma paixão avassaladora. Mas tem que lutar contra a irmã de criação, terceiro vértice do triângulo e uma adversária de peso.

Fabinho (Humberto Carrão) - O principal antagonista. Interesseiro, dissimulado, desde pequeno se mordia de inveja do carisma de Bento (Marco Pigossi), de sua alegria e afetividade. Agressivo, impulsivo, vive perigosamente. Megalômano, quer ser rico, quer ter poder, para aplacar o vazio interno que o consome. O reencontro com Bento mostra de maneira flagrante sua inveja e sede de competição e ele decide lhe tomar Amora (Sophie Charlotte). Porém, a certeza da vitória leva sua arrogância a prevalecer sobre a prudência, e Fabinho não apenas conquista a inimizade e o desprezo geral, como vê todos os seus sonhos de nobreza e conforto irem pro vinagre. Esta queda marca uma nova fase em sua trajetória e um novo Fabinho ressurgirá aparentando ter aprendido a lição. Mas terá aprendido mesmo ou apenas irá dissimular para se vingar de quem o prejudicou?

Maurício (Jayme Matarazzo) -  Filho de Natan (Bruno Garcia) e Verônica (Letícia Sabatella). Bonito e adorável playboy. Bem educado, gentil com todas as pessoas, simpático, é desarmado e desarma a todos com seu lindo sorriso, mas não tem a menor vocação para o trabalho e disciplina. Seu cargo na agência é meramente decorativo, mas todos gostam tanto dele, que suas inaptidões são relevadas. Hedonista soft, gosta de viajar, curtir belos resorts, iates de amigos, de preferência ao lado de Amora (Sophie Charlotte). Trata-se de uma relação feita de muitas afinidades leves e chiques. Ficará abalado ao perder Amora para Bento (Marco Pigossi) e tentará namorar modelos e it-girls para superar o golpe. Porém, num certo momento, a superficialidade de sua vida já não lhe bastará mais. Aproxima-se de Malu (Fernanda Vasconcellos), apaixona-se pela primeira vez na vida e fará de tudo para ser o príncipe com o qual ela havia sonhado no início da novela.

Giane (Isabelle Drummond) - Filha de Silvério (Norival Rizzo). Muito parceira do pai, com quem mora e de quem cuida, Giane trabalha com Bento (Marco Pigossi) na Acácia Amarela e sempre nutriu por ele uma paixão platônica. A qual ele jamais levou a sério, já que sempre a viu como uma moleca espoleta. De fato, Giane anda, age e se veste como um moleque, sem modos nem vaidade. Por isso, sente raiva de Amora (Sophie Charlotte). Tem o pavio curto, fala errado e foi pouco à escola, nunca namorou nem beijou, é fanática pelo Corinthians e adora jogar bola com os rapazes da rua. Aos poucos, porém, Giane vai se tornar mais feminina, para conquistar Bento. Mas ela acerta em outro alvo, pois quem vai se encantar por ela, na segunda fase da novela, é Fabinho (Humberto Carrão), que estará morando na Casa Verde com a mãe Margot (Noemi Marinho).

NÚCLEO DE BÁRBARA ELLEN

Maria da Conceição da Silva ou Bárbara Ellen (Giulia Gam) – Atriz de família humilde do Bairro do Limão, desde cedo aprendeu que os fins justificam os meios. Foi muambeira. Comprava no Paraguai falsas peças de grife e vendia no bairro como autênticas para pagar seus cursos de atriz. Sempre soube onde queria chegar, sempre quis ser famosa, e tudo o que fez foi com este objetivo – começando por mudar o nome por outro mais glamoroso. Porém seu talento sempre foi inferior ao seu gênio ruim e sua ambição. Apesar do seu temperamento kamikaze, Bárbara sempre teve um apurado senso midiático e viu na adoção de crianças de diferentes etnias um motivo para se manter em cartaz. Qualquer semelhança com Angelina Jolie não é mera coincidência, mas Bárbara garante que foi ela que a copiou! Seu temperamento histriônico e a dinâmica tragicômica de sua família multirracial renderão situações muito divertidas. Sem a menor noção do peso de seus atos (o que, em parte, a humaniza e torna engraçado o que poderia ser abominável), Bárbara é, enfim, uma caricatura de si mesma, mas seu lado mais humano se manifesta com Amora (Sophie Charlotte) e com Gilson (Daniel Dantas), seu primeiro namorado, a quem recorre nos momentos de maior aflição.

Plínio Campana (Herson Capri) – Um dos mais importantes cineastas brasileiros da atualidade, e ex-marido de Bárbara. Apesar dos pesares, para ele o casamento valeu por sua adorada filha Malu (Fernanda Vasconcellos), a primeira leitora de seus projetos e sua maior amiga. Mora sozinho cercado de livros e DVDs, e vive uma vida sem luxos, apesar de seu grande patrimônio. Equilibrado, culto sem ser pedante, reservado, é muito firme em seus valores. Sua vida é sua arte, mas se mantém longe da mídia, apenas divulgando seu trabalho na medida do necessário. O reencontro com Irene (Deborah Evelyn) trará a revelação de muitos segredos e a oportunidade de darem uma segunda chance ao amor não realizado no passado.

Irene Fiori (Deborah Evelyn) – No começo da novela, é conhecida como Rosa no bairro da Casa Verde. Muito reservada, Irene fica muito perturbada quando alguém comenta que ela se parece com uma atriz bonita que era namorada do Plínio Campana (Herson Capri)e sumiu antes mesmo de fazer sua primeira novela. Irene joga o cabelo na frente da cara e sorri: “imagina, eu, parecida com uma atriz…”. Sua decisão de dedicar sua vida aos necessitados é uma tentativa de mascarar a culpa por não ter tido saúde nem coragem de assumir seu filho (Fabinho). Ao reencontrar Plínio, os dois acertam todos os ponteiros pendentes há duas décadas. Mais maduros e sensatos, os dois descobrem que têm ainda mais em comum agora do que tinham antes, e se reapaixonam e ela retoma sua carreira com enorme sucesso, para desespero de Bárbara (Giulia Gam). Esse êxito temporão é a mais saborosa das vinganças sobre aquela que lhe roubou o homem que amava.

Luz da Silva (Ana Graciela) – Completa 18 anos no primeiro mês da novela. Linda e graciosa caboclinha vinda, segundo Bárbara (Giulia Gam), diretamente do Acre. De natureza dócil e muito talentosa, vive fazendo enormes concessões a mãe adotiva. Mas, aos poucos, Luz vai se irritar com o circo montado em torno dela e se rebelar contra Bárbara, Xande (Felipe Lima) e todos que manipulam sua vida. Grande aliada de Malu (Fernanda Vasconcellos).

Kevin da Silva (Marcus Rigonati) – 13 anos, lindo mulato que Bárbara (Giulia Gam) garante ter adotado aos 3 anos ao visitar a África no seu “fascinante tour como embaixatriz (não oficial) da boa vontade nas zonas de conflito”. Kevin fala perfeitamente o português e não tem o menor interesse em descobrir sua origem. Seu hobby é fotografar ou filmar cenas como Bárbara com a cara lambuzada ou cheia de equimoses após uma cirurgia plástica. Tem um olhar apurado para o inusitado, o bizarro. A mãe, a princípio, apoia seu pendor para as artes e tenta incliná-lo para a busca por uma beleza mais tradicional. No fundo, ela torce para que o temperamento sensível de Kevin revele sua homossexualidade, pois, além de ser atualmente muito chic ter um filho gay, renderia ótimas entrevistas em que ela se anunciaria como libertária, compreensiva etc. Porém, Kevin é heterossexual. Sua maior decepção em relação a Kevin vai ser quando este filmar o making-of do filme de Natan (Bruno Garcia) e colocá-lo na internet, revelando a tirania de Bárbara com os colegas e a equipe técnica. Mas o vídeo faz o maior sucesso e Bárbara desiste de expatriá-lo para o Sudão ou a Somália, “de onde esse ingrato jamais devia ter saído”.

Dorothy da Silva (Ayumi Irie) - Na verdade, é a nona filha de uma paraguaia e um chinês que negociava produtos piratas em Ciudad del Este e que a deu a Bárbara (Giulia Gam) porque não queria mais nenhuma filha mulher. Como o tipo físico da garota parece asiático, Bárbara inventou que Dorothy foi adotada no sul da Tailândia, o que soou mais interessante e exótico do ponto de vista midiático. Muito ensimesmada, a menina olha fotos das praias da Tailândia, particularmente a que foi vítima de um tsunami, acreditando que sua família está ali. Embora Bárbara diga que morreram todos, Dorothy, alimenta a fantasia de que os pais estão vivos e começa a economizar para ir para lá. Muito objetiva, excelente negociante, vende tudo que ganha de presente e acompanha pela internet o sobe e desce da Bolsa de Valores. Vende suas dicas até para Bárbara que amaldiçoa a hora que adotou aquela “mesticinha ingrata”. Até o dia em que descobre a polpuda caderneta de poupança de Dorothy. E aí, adivinhem o que acontece.

Maria das Dores da Silva ou Madô (Fafy Siqueira) – A mãe de Bárbara (Giulia Gam). Irreverente, desbocada, brega em seu figurino excessivamente colorido e jovial, mas dotada de uma energia contagiante. Criou a filha sozinha trabalhando como sacoleira e camelô, e ainda é muito querida entre o pessoal do Bairro do Limão. Verdadeira pedra no sapato para a filha por ser inadequada e comentar seus podres na mídia. Bárbara sempre dá um jeito de interná-la em asilos distantes de onde ela sempre acaba escapando. Até o dia em que foge ajudada por Vinny (Maurício Destri), e os dois acabam selando uma forte amizade.

AMANHÃ CONHEÇAM MAIS PERSONAGENS DE “SANGUE BOM”, AQUI NO TELE DOSSIÊ!

 

4 thoughts on “Quem é quem em “Sangue Bom”

  1. to louca pra começar logo sangue bom…
    guerra dos sexos e muito ruim,me dar tedio so di olhar….
    to vendo ki o elenco de sangue bom e otimo,gosto de todos…..

    • Todos na expectativa Maria Vitória. E volte sempre aqui que durante a novela vamos ter muitas matérias!

  2. TENHO CERTEZA QUE SE TIVESSE PASSANDO UM VALE APENA VER DE NOVO DE GUERRA DOS SEXOS AO INVES DESSE REMAKE DESASTROSO SÓ COM ATORES RUINS ESTARIA FAZENDO MUITO MAIS SUCESSO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>